Reconstrução mamária

Boa parte das mulheres que passaram por uma cirurgia de mastectomia parcial ou total, optam por fazer a reconstrução mamária.

Há várias técnicas cirúrgicas diferentes para reconstruir as mamas. As mulheres que optam passar pelo procedimento devem levar alguns fatores em consideração. Detalhes como a aparência e o tamanho das mamas fazem com que os resultados variem de paciente para paciente.

A reconstrução mamária é um procedimento que traz resultados gratificantes e que melhoram a qualidade de vida destas mulheres.

Características da reconstrução mamária

Cada mulher tem suas próprias características e, portanto, cada procedimento de reconstrução mamária é único.

A(s) mama(s) que passa(m) por reconstrução terá menos sensibilidade que a(s) mama(s) natural(is). Além disso, as cicatrizes da cirurgia, mesmo após a reconstrução, permanecem no corpo. Porém, em alguns casos, o cirurgião é capaz de deixar cicatrizes discretas e em locais menos expostos.

No caso de mastectomia parcial, feita em apenas uma das mamas, é indicado que a paciente aumente a mama afetada com a prótese. Outra possibilidade é diminuir a mama que não foi afetada, para que ambas fiquem simétricas.

As próteses mamárias desempenham um papel essencial no procedimento de reconstrução da mama, pois devolvem a autoestima às pacientes.

A reconstrução mamária é indicada para todas as mulheres?

O procedimento é indicado apenas para as mulheres que desejam realizá-lo. Algumas pacientes optam por ficar sem as mamas e vivem bem com essa decisão. No entanto, a decisão é individual e deve ser tomada após uma conversa com o cirurgião para esclarecimento de dúvidas.

Os motivos que levam algumas mulheres a não optarem pela reconstrução da mama são muitos. Algumas não podem fazer a reconstrução devido a algum impedimento de saúde, como mulheres obesas ou anorexias, ou problemas circulatórios. Porém, em muitos casos há a preferência pessoal de ficar sem as mamas.

Nestes casos, há próteses que podem ser usadas dentro do sutiã, sem precisar de cirurgia. É importante conversar com o seu médico para conhecer todos os tipos de próteses que podem ser utilizadas.

Para as pacientes que ainda estão indecisas sobre se devem ou não realizar o procedimento, é importante refletir sobre sua relação com o diagnóstico e o tratamento em geral, além de ter expectativas reais sobre sua imagem corporal.

Quando a reconstrução mamária é realizada?

O melhor momento para realizar a reconstrução mamária é quando a mulher se sente pronta emocional e fisicamente para o procedimento. Lidar com um diagnóstico agressivo não é uma tarefa fácil e cada paciente possui uma visão sobre seu próprio futuro.



Leia Mais