Elimine gordura localizada com a terapia combinada

Elimine gordura localizada com a terapia combinada

Eliminar a gordura localizada é simples, mas não é uma tarefa fácil. No entanto, o avanço da medicina estética tem, cada vez mais, permitido que recursos sejam disponibilizados para acabar de vez com esse incômodo. Contribuir para a melhora da autoestima dos pacientes é algo muito recompensador.

Veja abaixo como a terapia combinada funciona e por que é o recurso mais moderno na eliminação de gordura localizada. Acompanhe.

 

O que é terapia combinada?

Como o próprio nome sugere, a terapia combinada é a junção de duas técnicas importantes. Ambas as técnicas são utilizadas no combate à gordura localizada e à flacidez. A terapia combinada é o uso concomitante do ultrassom de alta potência e uma corrente elétrica terapêutica na mesma região.

 

Mas, afinal, como a terapia combinada elimina a gordura localizada?

As ondas emitidas pelo ultrassom de alta potência produzem uma micromassagem nas camadas mais profundas da pele. Tais ondas alcançam a região em que a gordura se localiza, provocando um aquecimento da região e aumentando o metabolismo. Quando isso acontece, há a  quebra de moléculas de gordura e as fibroses da celulite.

A eletroestimulação provocada pela corrente terapêutica que abre o caminho para que princípios ativos que não apenas eliminam gordura, mas que combatem a celulite sejam inseridos. As correntes também evitam a retenção de líquidos e atuam na pele flácida, melhorando o tônus.

O resultado é uma pele mais lisa e sem imperfeições, além da redução de medidas. Alguns resultados positivos já podem ser observados na primeira sessão de aplicação da terapia combinada.

 

Perguntas e respostas sobre a terapia combinada

Separamos abaixo algumas das dúvidas mais frequentes sobre a terapia combinada.

 

Quais as indicações para a terapia combinada?

As principais indicações da terapia combinada são:

  • Tratamento contra celulite (graus I e II).
  • Tratamento contra a flacidez.
  • Melhora do aspecto da pele.
  • Eliminação da gordura localizada, principalmente no abdômen, culote, coxas, glúteos, entre outras regiões.
  • Melhora do tônus muscular.

Quantas sessões são necessárias para se ter um resultado aparente?

Cada caso é um caso e somente o médico poderá avaliar. No entanto, é preciso deixar claro que a terapia combinada não é uma forma de tratamento para obesidade. A terapia combinada tem a função de eliminar a gordura localizada e tratar flacidez e celulite.

Alguns resultados podem ser observados logo na primeira sessão. No entanto, em linhas gerais, são recomendadas de oito e dez sessões para se ter um resultado excelente.

 

Quais são as correntes elétricas terapêuticas utilizadas na terapia combinada?

A terapia combinada se utiliza de uma das seguintes correntes elétricas terapêuticas para aplicação. Todas são ótimos recursos para combater a flacidez e aumentar o tônus muscular.

  • Corrente Russa.
  • Corrente Aussie (variação da corrente russa).
  • Correntes diadinâmicas.
  • Corrente galvânica.
  • Corrente estereodinâmica.

Quais os aparelhos utilizados para a aplicação da terapia combinada?

Atualmente, há vários aparelhos:

  • Manthus.
  • Ultra vac.
  • Heccus.
  • Wave Hz Tonederm, entre outros.

Como saber se a terapia combinada é indicada para mim?

Como mencionado anteriormente, apenas um dermatologista ou cirurgião plástico pode indicar a terapia combinada, inclusive o número de sessões que serão necessárias. Por esse motivo, fique sempre atento à qualificação do profissional que fará o procedimento.



Leia Mais