Tratamento de acne

acne luciano schutz

O tratamento de acne é mais indicado do que espremer cravos e espinhas. Porque além de causar irritação e inchaço na pele, ainda pode deixar marcas.

O mais comum é o aparecimento de acne na puberdade por causa das elevações hormonais relacionadas à idade.

Jovens adultos também podem ser afetados e às vezes, a acne pode se prolongar por vários anos.

 

Áreas do corpo mais afetadas pela acne

Geralmente, a acne se desenvolve comumente no rosto, nas costas e no peito. Como o rosto é o lugar mais visível, o incômodo com o aparecimento do problema nessa região é maior.

 

Lesões causadas pela acne

Cravos e espinhas são os mais comuns e mais reconhecidos pelas pessoas. Já as pápulas, são os inchaços vermelhos.

As pústulas parecem com as pápulas, mas por causa do acúmulo de pus, apresentam uma ponta branca no centro.

Outra lesão causada pela acne é o nódulo, geralmente causa dor e encontra-se abaixo da pele. Um tipo mais grave de lesão é o cisto cheio de pus. Este último pode deixar cicatrizes permanentes.

 

Tratamento de acne no início

Algumas pessoas têm o hábito de procurar um dermatologista quando a acne já alcançou um nível mais grave ou apresenta inflamação.

As causas do aparecimento de acne variam, assim como o efeito de cremes comuns. Quando esses produtos não fazem efeito e a aparência das espinhas causam desconforto, procure avaliação de um especialista. Não ignore o aparecimento de nódulos e cistos, que podem indicar problemas mais sérios.

 

Acne pode ser hereditário

Além da elevação hormonal em adolescentes, o desenvolvimento de acne mais severa também pode ser hereditário.

Se seus pais tiveram acne ou ainda têm, há grande chance de você também desenvolver na puberdade ou na fase adulta.

 

Mudanças hormonais

Como foi mencionado, mudanças hormonais podem desencadear o aparecimento de acne. Nesse sentido, é comum durante o clico menstrual e na gravidez.

 

4 Graus de gravidade da acne

Quando você for buscar um tratamento de acne, o dermatologista fará uma avaliação da gravidade. E poderá compreender um dos 4 graus:

Grau 1: considerado leve, com o aparecimento de cravos e espinhas e poucas pápulas e pústulas.

Grau 2: é moderado e apresenta muitas pápulas e pústulas.

Grau 3: é considerado moderadamente severa porque a acne causa muitas pápulas e pústulas e nódulos inflamados. Nesse grau, é comum o desenvolvimento do problema nas costas e no peito.

Grau 4: se chegar nesse grau, a condição é grave. Muitas pústulas grandes e nódulos que causam dor.

 

Tratamento de acne

Em casos leves de acne, os cremes que não exigem prescrição médica podem ajudar. No entanto, quando você percebe que tais produtos não fazem efeito, é necessário procurar um especialista.

O dermatologista fará uma prescrição de tratamento de acne de acordo com o grau. Pode ser necessário antibióticos ou mesmo terapia hormonal.

E os resultados podem levar semanas para aparecer. É essencial seguir as recomendações médicas e não se medicar por conta própria.

 

Tratamento de cicatrizes

Quando já existe cicatrizes de acne, o dermatologista poderá indicar inúmeros tratamentos, como:

  • Tratamento a laser para acne de leve à moderada.
  • Dermoabrasão: remoção de camada da pele para melhorar a aparência da cicatriz.
  • Subcisão: também consiste em remoção de camada superior da pele. Esse tratamento cirúrgico é indicado para cicatrizes hipertróficas, aquelas que ficam em relevo.

Como pode ver, o tratamento de acne envolve várias considerações. Em alguns casos, um tratamento cirúrgico para melhorar aparência de cicatrizes de acne pode ser necessário.

Procure sempre uma clínica especializada e siga todas as recomendações para obter o melhor resultado possível com o tratamento de acne.

 

 

 

 



Leia Mais