Tipos de mamoplastia

Tipos de mamoplastia Mamoplastia de aumento Mamoplastia redutora Mamoplastia reparadora Mamoplastia reconstrutiva

 

A mamoplastia é a cirurgia plástica geralmente escolhida por mulheres que desejam reduzir, aumentar, diminuir ou mudar a forma e aparência dos seios.

E por haver tantas possibilidades, os tipos de mamoplastia variam em finalidade e técnica.

Para você, que pretende passar por este procedimento, veja quais são os tipos e converse com cirurgião plástico competente.

 

Mamoplastia de aumento

Mulheres com seios muito pequenos ou que não se desenvolveram normalmente buscam com frequência a mamoplastia de aumento.

Técnica: a prótese de silicone pode ser colocada abaixo do músculo ou da glândula. A localização da prótese dependerá do tipo de mama.

  • Atrás do músculo: quando há pouca glândula e a prótese é colocada atrás do músculo. Assim, os implantes não ficam aparentes.
  • Na frente do músculo: quando há boa quantidade de glândula e é possível cobrir o implante completamente.

 

Mamoplastia redutora

Esse é o tipo de mamoplastia para mulheres que possuem mamas grandes e volumosas. Nesses casos, os seios ainda podem ser desproporcionais, caídos, assimétricos e flácidos.

Além da questão estética, o tamanho das mamas  afetam a postura causando dores nas costas, nos ombros e pescoço.

Técnica: remoção do excesso de tecido glandular, pele e gordura das mamas. Os seios ganham formato e tamanho mais proporcional ao corpo.

 

Mamoplastia reconstrutiva

É indicada para mulheres que sofreram os efeitos do câncer de mama.

O cirurgião pode retirar toda a mama ou parte dela.

Técnica: a mama é reconstruída e às vezes pode ser necessário retirar tecido de outras áreas do corpo. E pode ser feita de duas maneiras:

  • Após a retirada da mama inteira ou parte dela
  • Mastectomia e implante na mesma cirurgia

 

Mastopexia ou lifting de mama

Mulheres que desejam melhorar a aparência dos seios que são caídos e em consequência, flácidos.

Técnica: o tecido das mamas é levantado. Em alguns casos, o cirurgião plástico pode indicar prótese de silicone.

Seios caídos não é o único indicativo da necessidade de prótese de silicone. É avaliado ainda a densidade do tecido mamário, a quantidade de pele em excesso e também a textura da mama.

Como você pode ver, as finalidades dos tipos de mamoplastia são diferentes e às vezes podem se complementar.

Para obter o melhor resultado, comece com uma conversa franca com cirurgião plástico especializado, faça todos os exames e siga bem as recomendações de recuperação.

 



Leia Mais