Micose nas unhas

A onicomicose é conhecida popularmente como micose nas unhas. O aspecto amarelado, deformado e espesso das unhas dos pés e das mãos é resultado de infecção causada por fungos.

A micose nas mãos é menos recorrente do que nos pés, já que andar descalço em ambientes úmidos, quentes e públicos é o que mais contribui para adquirir a doença.

Tipos de fungos que causam micose nas unhas

Geralmente, o fungo causador de micose nas unhas pertence ao grupo dermatófitos. Outro grupo é o da levedura.

O que contribui para a proliferação de fungos?

Os fungos que causam micose nas unhas proliferam-se com mais facilidade em ambientes úmidos e quentes.

Se você costuma frequentar piscinas, vestiários e banheiros públicos sem nada nos pés, repense esse hábito. Evite andar descalço em locais públicos como esses.

É importante saber que ter alguma lesão entre a pele e a unha é o que permite a entrada do fungo.

Além disso, pés úmidos pelo suor com meias e dentro de sapatos por longos períodos também contribui para a multiplicação do fungo. E então o surgimento da micose nas unhas acontece.

Sintomas da micose nas unhas

A micose nas unhas pode causar dor, embora os sintomas sejam mais estéticos. A gravidade da infecção e o tipo de fungo pode gerar sintomas diferentes, como:

• Unha quebradiça, frágil
• Espessamento da unha
• Deformação da unha
• Unhas opacas, sem brilho
• Unhas amareladas
• Unhas escurecidas
• Deslocamento da unha

Tipo de micose nas unhas

Subungueal distal
• A mais comum.
• Infecção da ponta da unha.
• O dedão do pé geralmente é o primeiro a apresentar micose na unha.
• A unha ganha uma descoloração por causa da infecção que se espalha em direção a cutícula.
• Pode acontecer da unha se descolar, se partir e cair.
• A pele abaixo da unha fica exposta.

Subungueal proximal

• Tipo de micose na unha menos comum.
• A infecção se espalha a partir da cutícula até a ponta da unha.
• Este tipo de micose nas unha é mais comum em pacientes imunossuprimidos (vulneráveis a infecções).

Superficial branca

• Mais comum em crianças, embora possa aparecer em adultos.
• Esse tipo de micose nas unhas apresenta manchas brancas na superfície.
• Surge mais perto da cutícula.
• Sem o devido tratamento, as manchas se espalham completamente.
• Como sintoma: as unhas ficam totalmente brancas, quebradiças e muito ásperas.

Diagnóstico e Tratamento

O tratamento antifúngico só é iniciado depois de confirmado o diagnóstico de micose nas unhas.

O especialista fará exames antes de qualquer tratamento, pois as lesões nas unhas podem ser de outras doenças que causam sintomas parecidos.

Uma vez confirmada a micose nas unhas, o tratamento pode ser:

• A base de antifúngicos por vira oral, como comprimidos.
• Aplicação de esmalte ou pomada
• Laser para tratar de micose crônica.

O especialista pode receitar pomada ou esmalte como complemento dos comprimidos via oral, já que sozinho não costuma ser um tratamento eficaz.

A micose nas unhas pode voltar?

Sem os devidos cuidados com os pés e as mãos, é possível que a micose nas unhas aconteça novamente.

Lembre-se de enxugar bem os pés depois do banho, não ficar descalço em lugares públicos, evite calçados apertados, evite compartilhar materiais de manicure.

E proteja-se da micose nas unhas!



Leia Mais